WhatsApp: (91) 8895-3102
Afiliado a:

Sindmepa Informa – 07.08.2022

0

CAPACITAÇÃO
Ataques a médicos nas redes sociais, ilegalidades no exercício da medicina, precarização de contrato de trabalho e relação com operadoras de saúde. Estes serão alguns dos temas abordados por lideranças médicas de todo o Brasil e advogados, no dia 19 de agosto, em Porto Alegre, durante o 1º Ciclo de Capacitação promovido pelo Sindicato dos Médicos do Rio Grande do Sul (Simers) e Federação Médica Brasileira (FMB). O Sindmepa apoia a iniciativa e estará presente ao evento.

PRAZO
O MP do Pará deu prazo de 90 dias para que a Sesma substitua o mobiliário danificado e realize outras melhorias no Hospital e Pronto Socorro Municipal Humberto Maradei Pereira, do Guamá. Essas e outras recomendações foram fruto de audiência realizada com a presença da Sesma e Sindmepa após vistoria realizada no dia 21 de junho à unidade. As denúncias de irregularidades foram enviadas pelos médicos da unidade ao Sindmepa sobre as condições de funcionamento do HPSM. O Sindmepa segue acompanhando o procedimento administrativo para assegurar aos médicos e à população que as melhorias sejam realizadas.

PLANTÕES
O Sindmepa volta a receber denúncias com pedido de providências de médicos prestadores de serviços, sem vínculo PF com a Sesma, a respeito da falta de pagamento de plantões desde março passado. São cinco meses que estes profissionais financiam com seu trabalho as mazelas do sistema público de saúde. Já não bastam as condições sofríveis de trabalho no HPSM Maradei Pereira, agora tem-se que conviver também com atrasos intoleráveis de pagamentos.

INJUSTIFICÁVEL

Nada, absolutamente nada, justifica a exploração pecuniária do trabalho médico. A remuneração do trabalho de um profissional é sagrada, na medida em que necessária à sobrevivência dele e de sua família. Como um profissional que precisa de equilíbrio emocional e psicológico permanente para lidar com a saúde e a vida humana pode estar bem devendo seus credores, sem poder oferecer conforto à sua família?

AGOSTO DOURADO
Agosto é considerado o mês do aleitamento materno. Durante todo este mês serão realizadas ações Inter setoriais de conscientização sobre a importância do aleitamento materno. A Organização Mundial da Saúde recomenda o aleitamento materno exclusivo nos primeiros 6 meses de vida, seguido de amamentação continuada com alimentos complementares adequados, por até 2 anos ou mais. A Semana Mundial do Aleitamento Materno foi realizada do dia 1° a 7 de agosto e teve como tema: “Fortalecer a amamentação: educando e apoiando”.

MONKEYPOX
A Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa) confirmou o primeiro caso de Monkeypox, conhecida como varíola dos macacos, no Pará. O caso foi registrado em um paciente de 27 anos, que buscou atendimento em uma UPA de Ananindeua. Outros dois casos suspeitos de Monkeypox estão sendo investigados nos municípios de Santarém e Parauapebas. O comunicado reforçou ainda que não há evidências de transmissão comunitária da doença no Estado. Para se prevenir contra a doença é necessário redobrar os cuidados e manter a higienização das mãos, com água e sabão ou álcool em gel, e utilizar máscara, principalmente, em locais fechados.

AGENDA CULTURAL
Nesta terça-feira, 9, o Cine Sindmepa exibe o filme “Além da Vida”, às 19h. O longa dirigido por Clint Eastwood conta com Matt Damon no elenco e retrata a história de três pessoas tocadas pela morte de maneiras diferentes. Já a Quarta Musical recebe a cantora Rosa Cor em um show de música brasileira. A apresentação tem início às 20h, no Cineteatro, com entrada franca e transmissão ao vivo no @Sindmepa, no Instagram.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará