WhatsApp: (91) 8895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386
Afiliado a:

Marcelle Almeida leva música popular brasileira para o projeto “Quartas Musicais”

0

Com canções autorais e grandes nomes da música brasileira, a próxima live das Quartas Musicais do Sindmepa será com a cantora Marcelle Almeida. Natural de Santarém, a compositora cresceu sob influência do samba. O repertório do show também terá carimbó e música popular brasileira, em parceria com o pianista Andreson Dourado. A apresentação será nesta quarta, 28, às 19h30, com transmissão pelo Instagram da cantora, @marcellealmeidavoz.

Cantora, compositora e professora de música, Marcelle Almeida iniciou sua trajetória artística na Universidade Estadual do Pará aos 16 anos, onde também concluiu o curso de Licenciatura Plena em Música em 2014. Como educadora musical é professora de canto, interpretação e técnica vocal. E atua como instrutora musical em oficinas na Secretaria de Cultura de Santarém, além de realizar shows e concertos com o grupo Regional Mocorongo.

“Para esta live escolhi um pouco do que está presente na minha vivência. Vai ter canções autorais, Milton Nascimento, Candeia, Pixinguinha, Flávio Venturini, Sebastião Tapajós, Maria Lídia, Gonzaguinha. Tudo que me dá felicidade em cantar”, conta Marcelle.

A live será gravada em Santarém, no estúdio do pianista Andreson Dourado. Os músicos trabalham juntos e já se apresentaram no Festival de Cinema, onde homenagearam o compositor Aldir Blanc.

“Estou muito contente com o convite e ao lado de um excelente pianista, que é o pianista do Sebastião Tapajós, de altíssima qualidade. É empolgante, já temos um trabalho de duo e estar ao lado dele é maravilhoso”, diz a cantora.

O Sindmepa mantém as apresentações virtuais do projeto Quartas Musicais, com a curadoria do professor e músico, José Maria Bezerra. Acompanhe a programação do Cineteatro, Quartas Musicais e Dicas Culturais pelo site ou redes sociais do Sindmpea.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará