WhatsApp: (91) 8895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386
Afiliado a:

Empresa atrasa pagamentos de médicos e não é encontrada para notificação

0

O Sindmepa tem recebido denúncias recorrentes de médicos do interior do Estado, entre os quais Tucuruí e Barcarena, que envolvem atrasos e falta de pagamentos, entre outros problemas relacionados à empresa Amaz Saúde. Para buscar informações e dialogar sobre os problemas, o sindicato já esteve no endereço divulgado na internet por duas vezes, mas ninguém foi encontrado. Os telefones disponíveis na internet são de um escritório de contabilidade. Hoje, o escritório forneceu o celular de um suposto funcionário, que informou que podemos deixar ofício na portaria do prédio, apesar do porteiro informar que ninguém aparece na sala.

A empresa Amaz Saúde tem assumido em alguns municípios do estado do Pará a intermediação para a contratação de serviços médicos. Em Tucuruí, foi quarteirizada pelo Instituto Diretrizes, que administra o Hospital Regional e os médicos denunciam que a empresa não possui habilitação para serviços de urgência e emergência, além de impor aos médicos contratados serviços de plantões com valores abaixo do valor de mercado, se comparado com os da capital e outros hospitais regionais. “Contrata médicos para sala vermelha, pronto socorro e CTI Covid, sem qualificação adequada, alguns recém-formados e inexperientes trabalhando sem supervisão”, denunciaram médicos em documento enviado ao Ministério Público Estadual. 

Ninguém encontrado no endereço da empresa divulgado na internet.

“A direção do Sindicato, respeitando o princípio ético da paridade de oportunidades, procurou manter contato com a empresa, através de telefone e pelo endereço divulgado na internet. Apesar dos esforços, não conseguimos acesso a nenhum responsável. Assim, e considerando a intenção de manter diálogo, usamos este meio para instar os responsáveis pela Amaz Saúde a contactarem com o Sindmepa para resolver as pendências existentes”, informa a assessoria jurídica do Sindmepa.

O sindicato continua orientando os médicos a adotarem os cuidados e a formalização necessária em caso de vínculos com a referida empresa.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará