WhatsApp: (91) 8895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386
Afiliado a:

Como andam as condições de trabalho nos hospitais privados do Estado?

0

O Ministério Público do Trabalho (MPT) quer abrir um procedimento sobre as condições de trabalho oferecidas pelos estabelecimentos de saúde particulares do Estado. Para isso, enviou notificação ao Sindmepa para que o sindicato informe sobre as condições em que os médicos do estado têm atuado.

Mas para responder a esta demanda, o Sindmepa necessita de contribuições dos médicos do Estado que atuam nos hospitais privados. Podem ser feitas denúncias, sugestões, críticas, opiniões e tudo o mais que o médico quiser falar. Temos um prazo curto para enviar as informações ao MPT com nossas contribuições.

Para ajudar os médicos com as respostas, a assessoria jurídica do Sindmepa formulou as seguintes perguntas que poderão guiar o trabalho do MPT:

1. Como foram constituídos os vínculos de trabalho entre o senhor e o local onde está prestando serviços?
2. Os EPIS fornecidos estão de acordo com a necessidade de segurança de seu local de trabalho?
3. O seu local de trabalho adotou protocolo de atendimento para pacientes sintomáticos para Covid 19 ou doenças do trato respiratório?
4. O seu local de trabalho adotou fluxo para modalidades de tratamento de doentes para Covid 19?
5. O seu local de trabalho adotou medidas de higiene e contenção de transmissão para a Covid 19?
6. O seu local de trabalho mantém formulário de consulta e reclamação com acesso para a equipe de trabalho e os pacientes?
7. São disponibilizados testes, medicações e exames aos profissionais de saúde?
8. Que outras observações gostaria de fazer?

Quem puder e quiser contribuir, entre em nosso site, vá na opção Demandas no menu e mande seu recado. As informações são confidenciais e o nome do denunciante será mantido sob sigilo. Mande sua demanda e ajude o MPT a fiscalizar e melhorar as condições de trabalho de todos. Acesse: https://www.sindmepa.org.br/sindmepa-demanda/

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará