WhatsApp: (91) 8895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386
Afiliado a:

Escolas Médicas em debate na Frente Parlamentar da Medicina

0

Na terça-feira, 11 de junho, o presidente da Federação Médica Brasileira, Casemiro dos Reis Júnior, participou da 4ª Assembleia Geral da Frente Parlamentar Mista da Medicina (FPM), em Brasília, que teve como principais os contratos com os médicos e a situação do ensino médico no Brasil. O encontro teve a participação da médica Mayra Pinheiro, secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde (SGTES).

“A secretária Mayra nos apresentou um panorama sobre as escolas de medicina no país. O Brasil hoje tem 340 escolas médicas sendo que 223 foram abertas nos últimos 10 anos, e a projeção de termos mais de um milhão de médicos formados em 2040 é maior do que a projeção do crescimento populacional e de mercado, o que indica que não haverá trabalho para todos”, destaca Casemiro.

De acordo com o presidente da FMB, Mayra também apresentou dados sobre a falta de professores qualificados e a estrutura inadequada para o ensino médico. “É uma situação muito preocupante. Como representantes de entidades médicas temos que estar atentos à qualidade dos profissionais que chegarão ao mercado nos próximos anos e a qualidade do serviço que será oferecido à população”, acrescentou Casemiro.

Também foram discutidas a terceirização e o mercado de trabalho. “A questão do médico pessoa jurídica gerou debate tendo em vista que, apesar de muitos médicos optarem por essa formatação de vínculo, ela tem gerado problemas com a Receita Federal por interpretação equivocada do que é distribuição de lucros e o que é pró-labore”, diz Casemiro, reforçando que as entidades médicas sindicais precisam estar atentas à orientação dos médicos em relação aos contratos de trabalho e também à questão fiscal.

Fonte: FMB

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.