WhatsApp: (91) 8895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386
Afiliado a:

Parauapebas pode perder único Pronto Socorro do município

0

Após ser pressionada com pedidos de esclarecimentos, a Gestão Municipal de Parauapebas anunciou, na última semana, durante reunião oficial do Conselho Municipal de Saúde, que pretende fechar o único Pronto Socorro do Município.
Numa secretaria orçada em 190 milhões de reais, a desculpa dada pela gestão para o fechamento da porta de entrada de urgência e emergência é que o município precisa conter gastos.
De acordo com o representante dos trabalhadores no Conselho Municipal de Saúde de Parauapebas, Marden de Lima ao pedir mais esclarecimentos, a gestão informou que o pronto socorro deve migrar para a UPA da cidade Jardim. Saindo de um espaço com 24 leitos para um outro que tem apenas 10 leitos. “Sabemos que lá não tem acessibilidade, existe dificuldade de transporte público e, além do mais, há uma diferença crucial entre um Pronto Atendimento e um Pronto Socorro”, disse.

Mais Perdas
Em um vídeo destinado a população de Parauapebas, o representante dos trabalhadores no Conselho Municipal de Saúde afirma que nesta semana, durante reunião no Conselho Municipal de Saúde, também foi questionado ao secretário de saúde sobre as emendas parlamentares e o recurso do estado para a construção da Unidade Básica de Saúde do Rio Verde, bairro mais populoso de Parauapebas, e apesar dos gestores estarem falando em contenção de gastos, a gestão perdeu mais de 2 milhões de reais para a construção da unidade de saúde por não apresentar uma readequação de um projeto. “Alegam contenção de gastos, mas perdemos 2 milhões de reais e o sonho da construção e da independência da população do Rio Verde com a nossa unidade própria para que a população seja atendida de forma digna na saúde. Fica nossa indignação e repudio”, afirma.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará