Afiliado a:

Sindmepa Informa – 29-03-2014

DIA MUNDIAL DA SAÚDE

As Sociedades e Cooperativas de especialidades e médicos em geral organizam a participação do Pará nas ações do Dia Mundial da Saúde, 7 de abril. Nesse dia, a categoria médica se mobilizará em todo o país, intensificando sua luta em defesa da qualificação da assistência aos pacientes e da valorização do trabalho dos profissionais. O movimento se desdobrará em atividades que protestam contra abusos e omissões que afetam tanto a rede pública quanto suplementar de atendimento. No Pará, teremos paralisação no dia 7, no atendimento ambulatorial, nas áreas pública e privada, mantendo-se apenas os atendimentos de urgência e emergência.

COMISSÃO DA VERDADE

Centrais sindicais marcaram para o dia 1º de abril, no Pará, o lançamento da Comissão da Verdade e memória dos trabalhadores – 50 anos do golpe militar de 64. Será no plenário da OAB/PA, sob coordenação de oito Centrais Sindicais que atuam no Estado. O objetivo da Comissão é repudiar os 50 anos do golpe militar, os crimes da ditadura, exigir justiça e reparação e resgatar a história de luta dos trabalhadores e trabalhadoras. O Sindmepa estará representado na mesa de abertura dos trabalhos.

SESMA

Funcionários de empresas privadas que prestam serviços de recepção, agente de portaria e serviços gerais nos HPSMs estão em polvorosa, já que não recebem seus salários desde janeiro último. São trabalhadores humildes que vivem do que recebem no mês, sem reservas financeiras para financiar o sistema público de saúde. Alguns deles, desesperados, já estão recorrendo à justiça. Aliás, esta prática é o que acaba acontecendo com os médicos prestadores de serviço para a Sesma que, como sempre recebem com meses de atraso, de certa forma, acabam financiando o SUS com seu trabalho.

AVALIAÇÃO DO SINDMEPA

Respondendo à avaliação solicitada na página da entidade no facebook, o sr. Marcus Sousa diz “apesar de não ser médico, o Sindmepa me representa e a toda a sociedade paraense”. Já o sr. Genilson Log escreveu: “o Sindmepa é um espaço de debates de políticas públicas e privadas em defesa da categoria médica, mas também da sociedade”. Ficamos muito gratificados e agradecemos as avaliações. Entre em nossa fanpage e faça também sua avaliação.

SINDMEPA/IPOG

Ampliamos a parceria entre o Sindmepa e o IPOG para que o desconto concedido para médicos sindicalizados se estenda para seus filhos. Ou seja, filhos de médicos sindicalizados também terão descontos em todos os cursos de pós-graduação realizados pelo instituto no Estado, inclusive os de outras áreas, como direito, engenharia, administração, etc.

NÚMERO DE CONSULTAS

O CRM acaba de emitir um parecer sobre um assunto que vira e mexe vem à baila nas instituições de saúde. O número de atendimentos que o médico deve fazer em seu horário normal de trabalho. Em primeiro lugar, o parecer deixa claro a inexistência de normatização sobre o assunto e conclui que: “não deve ser da competência de nenhum órgão ou entidade a determinação do número de atendimentos médicos para qualquer carga horária em qualquer especialidade”. E mais: “O tempo de duração de cada consulta não pode ser determinado por instruções, mas pelas circunstâncias que cada caso clínico requer”. Assinamos embaixo.

 

Deixar um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.