Afiliado a:

Sindmepa Informa – 23-03-2014

MOVIMENTO 7 DE ABRIL

No Dia Mundial da Saúde, 7 de abril, o Sindmepa vai se aliar às manifestações do movimento sindical nacional para marcar posição com relação aos problemas da saúde no Brasil. Teremos paralisação por um dia no atendimento ambulatorial, nas áreas pública e privada, mantendo-se apenas os atendimentos de urgência e emergência. Após café da manhã no sindicato, propomos um debate e reflexão sobre a saúde pública e privada no Estado. Para fechar, será convocada uma coletiva de imprensa para fazermos a avaliação do movimento.

CONTAS DIVERGENTES

Estamos enviando ofício para o MP Estadual e Federal, Alepa, Conselho Estadual de Saúde, Sespa e Ministério da Saúde, para que apurem os números reais dos investimentos da saúde no Pará. É que nesta semana, o IBGE publicou que o Estado investiu 9,1% na saúde enquanto o Estado, via Siops (MS), divulgou um percentual de investimento de 13,54%. Afinal, quem está com a razão? Alguém pode ajudar a esclarecer?

AMBULATÓRIO SANTA CASA

Médicos que atuam no ambulatório e nas enfermarias da Santa Casa estão insatisfeitos com as medidas administrativas que vem sendo adotadas na instituição e com as diferenças salariais praticadas. Ganham metade dos salários pagos aos médicos que atuam nos centros cirúrgicos e UTI’s, em atividades de média e alta complexidade. Haverá reunião com o grupo no Sindmepa para analisar medidas cabíveis.

REUNIÃO COSEMPA

Na próxima semana haverá reunião do Conselho de Entidades Médicas do Pará, em nossa sede. Estarão em pauta assuntos de extrema importância para a categoria, entre eles a mobilização do dia 7 de abril, Dia Mundial de Saúde; a III Corrida e Caminhada dos Médicos; o Congresso Médico-Amazônico; e a recomposição da Comissão Estadual de Honorários Médicos.

RESIDENTES

Marcamos presença na cerimônia de Acolhimento dos novos residentes da Santa Casa esta semana, aproveitando para lembrá-los sobre a importância da sindicalização e do fortalecimento da categoria para o seu futuro profissional. Seguir à risca o Código de Ética Médica e estar atento a alguns procedimentos básicos como os protocolos científicos, boa relação com o paciente e sua família, além do preenchimento detalhado dos documentos médicos, é a melhor maneira de evitar problemas futuros. O Sindicato acolhe os residentes de forma especial, garante 50% de desconto na anuidade para esses colegas.

DISTORÇÕES ANUNCIADAS

Enviamos ofício ao Ministério da Saúde denunciando situações envolvendo o programa Mais Médicos que já eram mais do que esperadas por aqui. Entre as situações relatadas, em desacordo com a MP que criou o programa estão: o retardamento da contratação de médicos para o Estratégia Saúde da Família (ESF), priorizando a contratação de intercambistas; a substituição de médicos brasileiros do ESF por intercambistas e a atuação destes em serviços de urgência e emergência. Além do pedido de providência ao MS, o documento está sendo encaminhado ao MPE, MPF, Sespa, Sesma, CES, Alepa e CMB.

 

Deixar um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.