Afiliado a:

Sindmepa Informa – 22.06.2014

DESFILIAÇÃO DA FENAM

Nós, médicos do Pará, aprovamos nesta semana, em Assembleia Geral Extraordinária, proposta de desfiliação do Sindmepa da Federação Nacional dos Médicos (Fenam). Associados presentes à Assembleia ficaram estarrecidos com os fatos narrados sobre os descaminhos da instituição e lamentaram que o desligamento não tenha sido efetuado há mais tempo. Somos 19 sindicatos brasileiros contrários aos encaminhamentos que vêm sendo dados à entidade nacional pela atual diretoria e o primeiro a se desfiliar formalmente da Fenam. Esperamos que outros sigam o mesmo exemplo.

AGE DA FEMAM

E na próxima sexta-feira, 27, será a vez da Federação Médica da Amazônica (Femam) apreciar a proposta de desfiliação da Fenam. A Femam é composta pelos sindicatos dos  médicos do Pará, Amapá, Roraima, Rondônia, Acre e Amazonas e, atualmente, presidida pelo nosso diretor de Comunicação, Wilson Machado.

VITÓRIA

Gestões do Sindmepa junto à Secretaria de Saúde do município de Capanema permitiram que os pagamentos por serviços prestados por médicos naquele município, referentes ao mês de dezembro de 2013, fossem devidamente regularizados no último dia 12. É o Sindmepa trabalhando para garantir os direitos da categoria médica em nosso Estado.

AGE SANTA CASA

Superlotação no atendimento, condições de trabalho, remuneração e PCCR serão temas de uma AGE específica para médicos da Santa Casa que o Sindmepa está convocando para a próxima quarta-feira, às 19h. A persistência de superlotação no atendimento da assistência perinatal e neonatal na maternidade é um dos problemas que mais preocupa a comunidade médica, especialmente pelo risco de novos óbitos evitáveis. MPE já está informado.

REVOLUÇÃO SILENCIOSA

O Governo do Estado anuncia que está promovendo uma revolução silenciosa na saúde do Estado, investindo na alta complexidade, construindo hospitais. Saúde não se faz somente com hospitais, que são importantes, mas não resolvem sem investimentos na atenção primária. Principalmente com educação para a promoção, proteção e prevenção à saúde para que a população não adoeça. Realmente a revolução é silenciosa, pois o trabalhador e quem precisa do SUS no Estado não ouve, não vê e nem é chamado a opinar.

ELEIÇÕES NO SISBEL

Mais uma vez a atual diretoria do Sisbel conseguiu uma decisão judicial estabelecendo novo prazo de 60 dias para eleição, com constituição de nova comissão eleitoral em AGE e novo regimento. Em reunião realizada no último dia 18, no Sindmepa, vários sindicatos se posicionaram contra o continuísmo no Sisbel e a favor da chapa 2 (Trabalho e Transparência) nas próximas eleições. Vamos passar a limpo as irregularidades cometidas no Sisbel com a realização de uma auditoria nos desvios que há anos vêm sendo denunciados naquele sindicato. Além do Sindmepa, Soepa, Sinfar, Senpa, Sintesp e Sindsaúde, mais um sindicato aderiu ao movimento pela mudança, o Sintraban, que representa radiologistas de Belém e Ananindeua. Precisamos da colaboração e participação de todos nesta guerra.

 

Deixar um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.