Afiliado a:

Sindmepa Informa – 19-01-2014

REALINHAMENTO

Continuamos aguardando a nomeação da Comissão de Estudo de Realinhamento Salarial dos Médicos da Sesma, onde estaremos representados, prometida pelo prefeito de Belém na última audiência concedida ao sindicato, ainda no ano passado. O realinhamento salarial é vital para corrigir a defasagem salarial dos Recursos Humanos da Secretaria. E já que a prefeitura já deu início à reforma das unidades de saúde do município para melhorar a qualidade do serviço oferecido, espera-se agora que também seja promovida a reforma dos salários, como parte dos melhoramentos na área.

DENÚNCIA

Em Nova Esperança do Piriá médicos cubanos estariam tirando plantões nas unidades de urgência da cidade. Pela gravidade da denúncia, já que o programa Mais Médicos proíbe este tipo de prestação de serviço pelos ditos médicos importados de Cuba, vamos organizar uma caravana de diretores para confirmar in loco a veracidade das informações. Se realmente se confirmar, vamos acionar o MP Federal e Estadual com pedido de providências urgentes para mais essa deformidade do programa.

PRORROGAÇÃO

Foram prorrogadas até 31 de janeiro as inscrições de trabalhos científicos ao XVII Congresso Médico-Amazônico, que acontece em agosto, no Hangar. O Médico-Amazônico é o maior congresso médico da região e reúne especialistas das mais diferentes áreas do conhecimento voltadas à medicina na Amazônia. O Sindmepa é parceiro da Sociedade Médico-Cirúrgica do Pará na organização do evento.

NOVOS MÉDICOS

Participamos nesta semana da entrega da carteira do CRM a mais de 100 novos médicos formados pelo Cesupa e UEPA em Belém. A eles, desejamos sucesso na carreira que abraçaram, recomendando que utilizem a anamnese como arma principal nas consultas, deixando os exames complementares apenas para confirmar diagnósticos; que não abram mão do Ato Médico, não delegando atos privativos da medicina a terceiros; e que tenham tranquilidade ao se relacionar com profissionais do Mais Médicos, mas denunciem casos que acharem que merece avaliação do CRM. Bem-vindos, colegas.

CMS/BELÉM

Sobre a avaliação do Conselho Municipal de Saúde/Belém em relação ao funcionamento do ESF, o Sindmepa vem a público esclarecer que a carga horária dos médicos é controlada pelo município e cabe ao gestor fiscalizar e exigir seu cumprimento. É bom que se diga que não reconhecemos como legítimas as ações do tal conselho que vem sendo questionado na justiça por seis entidades de trabalhadores da saúde (Coren, Sempa, Sindsaúde, Sintesp, Sinfar e Sindmepa) pelas flagrantes irregularidades de sua eleição na última Conferência Municipal de Saúde de Belém, com a conivência da gestão municipal.

NOVO PISO

Já está em vigor o novo piso salarial dos médicos, que vale para todo o território nacional, aplicável à carga horária de vinte (20) horas, e que deverá orientar as negociações coletivas de trabalho daqui pra frente. O novo valor passa a ser de R$ 10.991,19 (dez mil novecentos e noventa e um reais e dezenove centavos), valendo já a partir deste mês de janeiro. O reajuste segue a atualização monetária pelo INPC do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), acumulado no ano de 2013 (5,5627%).

 

Deixar um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.