Afiliado a:

Sindmepa Informa – 13-04-2014

FÓRUM DE SAÚDE

A realização de dois fóruns de saúde, um com foco na saúde pública e outro na saúde privada, foram os encaminhamentos tirados na ação promovida pelo Sindmepa no dia 7 de abril, Dia Mundial da Saúde. Com a presença de representantes das demais entidades médicas do Pará, debatemos os problemas da saúde em nosso Estado e deliberamos chamar todos os segmentos para um amplo fórum para tratar do assunto. Todos os interessados, cidadãos avulsos e representantes da sociedade civil organizada, serão convidados ao debate. Só juntos podemos mudar o cenário de caos da saúde do Pará. Participe você também.

CURSOS IPOG

Já estão abertas as inscrições para os cursos de Pós-Graduação do Ipog de 2014. A partir de agosto, começam as aulas da segunda turma de Direito Médico. As aulas da 6ª turma de Gestão e Auditoria em Sistema de Saúde começam em maio. Pela parceria mantida com o Sindmepa, médicos sindicalizados têm direito a descontos especiais nos cursos. Garanta já a sua vaga. As aulas acontecem no Sindmepa, sempre nos finais de semana.

ENROLAÇÃO PMB

A meta de negociação estabelecida com o Sindmepa envolvendo Semad/Sesma caminha para o mesmo destino do governo do ex-prefeito Duciomar Costa, ou seja, enrolação. Na última reunião foram apresentados dois novos negociadores que desconhecem o trabalho até aqui feito, com a missão de reiniciar o  levantamento dos RH da Sesma, apesar de 15 meses de gestão. A diretoria colegiada já deliberou começar a mobilizar a categoria para o pior. Greve!

APOSENTADORIA ESPECIAL

Foi aprovada na quarta-feira (9), pelo Supremo Tribunal Federal (STF), a Proposta de Súmula Vinculante (PSV) 45, que prevê que, até a edição de lei complementar regulamentando norma constitucional sobre a aposentadoria especial de servidor público, deverão ser seguidas as normas vigentes para os trabalhadores sujeitos ao Regime Geral de Previdência Social. O verbete refere-se apenas à aposentadoria especial em decorrência de atividades exercidas em condições prejudiciais à saúde ou à integridade física dos servidores. A medida vai pacificar juridicamente a questão até edição da lei complementar, facilitando a solução de pedidos de aposentadoria especial de diversas categorias, inclusive de médicos ligados ao serviço público.

HOSPITAL GALILEU

A gestão do novo hospital público recém-inaugurado, infelizmente, como já se tornou rotina no atual governo, foi entregue à iniciativa privada e como sempre a eleita foi a Pró-Saúde, empresa que teve suas contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE).

DE NOVO A PRÓ-SAÚDE

Sespa fez convocação pública das organizações sociais para contrato de gestão do Hospital Regional Público do Baixo Amazonas, em Santarém, publicado no DOE de 31/03/14 Caderno 7, pág. 3. Alguém duvida que a Pró-Saúde vai ganhar?

 

Deixar um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.