Afiliado a:

Sindmepa Informa – 12.08.2018

CINETEATRO

A próxima sessão do Cineteatro Sindmepa irá exibir o filme Mar adentro. Um drama que conta a história de Ramón Sampedro (Javier Bardem), um homem que luta para ter o direito de pôr fim à própria vida após 28 anos “preso” a uma cadeira de rodas, após ficar tetraplégico. O Cineteatro Sindmepa acontece toda terça-feira, às 19h. Você não pode perder. A entrada é gratuita. Bem ali, na Boaventura, 999.

MEDICINA DO TRÁFEGO

O diretor Agostinho Hermes Neto representou o Sindmepa na abertura do curso de Atualização e reciclagem em Medicina do Tráfego. O curso foi patrocinado pela Abramet regional Pará, com objetivo de capacitar médicos do estado para oferecer à sociedade atendimento de qualidade a condutores e candidatos a condutores de veículos automotores. O Sindmepa tem dado todo o apoio aos colegas procurando resolver, juntamente com a Abramet, as pendências junto ao Detran.

ACADÊMICOS

O projeto Acadêmico Aspirante, uma iniciativa do Sindmepa com o nosso Núcleo Acadêmico, já está nas ruas. A modalidade de associado “aspirante” é uma forma de trazer acadêmicos de medicina para a luta sindical e defesa da categoria antes mesmo de se formarem. Os acadêmicos que se associam têm quase todos os direitos de médicos associados. O projeto começou a ser divulgado à comunidade acadêmica na semana passada em uma cerimônia de acolhimento a novos calouros do Cesupa, que contou com a participação do nosso diretor, Waldir Cardoso. Só na primeira semana, quase 30 alunos já se associaram.

MORTALIDADE

Pesquisas do Ministério da Saúde indicam aumento de quase 5% na taxa de mortalidade infantil no Brasil, em 2016, em relação a 2015. Há 26 anos que não tínhamos registro de aumento desse indicador no Brasil. Não se pode atribuir o aumento da taxa somente ao zikavírus e à crise econômica. A falta de recursos e de infraestrutura para funcionamento da rede pública de assistência; a desvalorização e desmonte das equipes especializadas no atendimento de crianças, e a dificuldade de acesso dos pacientes aos serviços de saúde também são fatores que agravaram esse quadro. Autoridades têm agora que correr atrás do prejuízo.

ALERTA CFM

O Conselho Federal de Medicina fez um alerta aos médicos brasileiros sobre empresas que oferecem prêmios de medicina e solicitam que confirmem o nome na lista de homenageados. A autarquia afirma que além de violar preceitos éticos de medicina, tais empresas costumam por condições para a concessão do prêmio, tais como pagamentos e compras de ingressos e mesas da cerimônia de premiação

Deixar um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.