Afiliado a:

Sindmepa Informa – 10.12.2017

REAJUSTES

Na última audiência que tivemos com o secretário de saúde do município de Belém, Sergio Amorim, ele não quis antecipar qualquer informação a respeito de reajustes de salários do funcionalismo municipal na área da saúde, congelados desde 2015. O silencia nos leva a suspeitar de que novamente não teremos boas notícias nesta área, em 2018. Infelizmente, isso também nos leva a antever movimentos objetivando paralisações, já que o trabalhador não consegue mais cumprir com suas obrigações com o congelamento salarial e a inflação disparada.

BOAS NOTÍCIAS! (A CONFERIR!)

Mas se nem tudo são flores na saúde de Belém, nem tudo está perdido. Na mesma audiência na Sesma, vieram algumas boas notícias: em breve, teremos a inauguração da UPA da Terra Firme, em janeiro próximo; as UPAS do Jurunas e Marambaia estão com 80% da obra física já concluída e as férias programadas pelos profissionais para o fim do ano, que haviam sido suspensas, foram finalmente liberadas. Neste aspecto, o Sindmepa considera que suas críticas tiveram peso muito importante na decisão da gestão. Menos mal.

NÚCLEO ACADÊMICO

Um projeto antigo do Sindmepa, a formação do Núcleo Acadêmico do sindicato, começa a sair do papel. A Federação Internacional das Associações dos Estudantes de Medicina do Brasil (Imfsa Brazil) está à frente da organização, que visa promover a aproximação entre a entidade médica e acadêmicos de medicina. O Sindmepa já patrocina e apoia diversas atividades acadêmicas e pretende consolidar ainda mais a parceria com a implementação do Núcleo. O evento de lançamento ocorrerá dia 15 de dezembro com discussão do tema: “Saúde mental do estudante de medicina”. Bons ventos os tragam.

FMB

Dirigentes da Federação Médica Brasileira (FMB) e representantes de sindicatos de base participaram nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro, de Conselho Deliberativo da entidade, em São Paulo. Além da aprovação das contas pelo Conselho Fiscal, e do calendário de reuniões para 2018, os dirigentes debateram sobre o Encontro Nacional das Entidades Médicas (Enem), que deverá ser realizado no primeiro semestre do próximo ano. Do Pará, tivemos a participação dos diretores do Sindmepa, Carlos Sinimbú e Waldir Cardoso, que também é o atual presidente da FMB.

REUNIFICAÇÃO

Em uma reunião histórica realizada na última quarta-feira (6), na sede do Conselho Federal de Medicina (CFM), em Brasília, foi discutida a reunificação do movimento médico nacional, com a presença de lideranças das principais entidades médicas do País. O objetivo comum é a defesa de temas de interesse dos médicos, da medicina, dos pacientes e da sociedade. As entidades já estão convocadas a participar da próxima reunião plenária do CFM, no próximo dia 13, quando serão discutidos encaminhamentos em torno de temas em tramitação no Executivo, Legislativo e Judiciário. Também será avaliada a realização de um Encontro Nacional de Entidades Médicas (Enem), em 2018.

 

 

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.