Simpósio debate sobre hanseníase com profissionais e estudantes de saúde
Afiliado a:

Simpósio debate sobre hanseníase com profissionais e estudantes de saúde

Nos dias 28 e 29 deste mês, das 19h às 22h, o comitê UFPA da Federação Internacional das Associações de Estudantes de Medicina do Brasil (IFMSA Brazil) e o Núcleo de Medicina Tropical (NMT), da Universidade Federal do Pará, realizam o Simpósio de hanseníase na Atenção Básica. O evento conta com a participação de profissionais da Medicina, Fisioterapia e Enfermagem que têm experiência com a temática. Com foco na abordagem da doença dentro da Atenção Primária, o simpósio é aberto a qualquer estudante ou profissional da área da saúde, e a inscrição pode ser realizada através do preenchimento de formulário online (Disponível em: https://goo.gl/forms/DS2HoQdJ3cS029Ep2) e do pagamento de uma pequena taxa de inscrição no valor de 10 reais.

O Simpósio conta com apoio do Sindmepa e do Laboratório Paulo Azevedo, portanto não tem custos de realização. O valor das taxas de inscrição será inteiramente destinado à Vila de Santo Antônio do Prata, comunidade no interior de Igarapé-Açu que sofre com alta prevalência de hanseníase.

A ideia do simpósio surgiu durante o planejamento do Projeto de Extensão do NMT, que leva educação em saúde e busca ativa de casos de hanseníase para crianças das escolas da Vila de Santo Antônio do Prata. Percebeu-se uma falta de conhecimento a respeito da doença entre profissionais e estudantes da área da saúde, sobretudo em Belém e região, área endêmica da doença. Foi feito contato com a diretoria executiva do comitê UFPA da IFMSA Brazil, que também tinha interesse em abordar hanseníase para estudantes de medicina, e então as ideias foram mescladas e o planejamento ocorreu de forma conjunta.

Mais informações:

Diferencial – O diferencial do simpósio encontra-se na abordagem amplamente multiprofissional, com a participação de profissionais de diversas áreas da saúde com experiência em hanseníase, além do foco na Atenção Básica. O planejamento foi feito visando que as aulas fossem diferentes do que normalmente é proporcionado ao acadêmico em sua grade curricular: o simpósio tem enfoque na Atenção Primária do Sistema Único de Saúde, abordando o indivíduo e a doença em meio à sua jornada após o diagnóstico.

Importância da temática – O conhecimento acerca de hanseníase é indispensável para profissionais e acadêmicos de ciências da saúde no Pará, estado que ainda tem grande prevalência da doença e que abriga uma das mais antigas “colônias de hansenianos” do Brasil. Para abordar de forma segura ao doente, é necessário ter estudo a respeito da história, epidemiologia, fisiopatologia, diagnóstico, prognóstico, tratamento e fluxo deste paciente na Saúde Pública.

Deixar um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.