Afiliado a:

Médicos do Pará vão discutir relação com Operadoras

A falta de Contratualização, de reajustes, existência de glosas injustificadas e interferência na autonomia médica pelas operadoras de planos de saúde são assuntos que estarão em debate em uma Assembleia Geral convocada pela Comissão Estadual de Honorários Médicos (CEHM), no próximo dia 11, às 19h, na sede do Sindmepa.  A comissão é constituída por representantes do Sindicato dos Médicos do Pará, Sociedade Médico-Cirúrgica e Conselho Regional de Medicina.

Ao convocar Sociedades e Cooperativas de Especialidades Médicas, a CEHM lembra que é preciso reverter o quadro atual de lucro crescente das operadoras com exploração da categoria médica pelos planos: “O lucro bruto dos convênios médicos cresceu 25% em 2013. As operadoras de planos de saúde reajustaram o preço, aumentaram a base de clientes e reduziram as despesas médicas. O faturamento das 922 operadoras de convênios médicos aumentou em 16%, enquanto o número de usuários cresceu 4,59%. Com isso, o ano passado terminou com 50,3 milhões de pessoas com planos de saúde. A sinistralidade fechou o ano passado em 83,7%, uma queda de 1,2 ponto percentual”.

“Quanto ao resultado final, o que se vê é que a maioria das grandes operadoras realizou lucro. Já as pequenas e médias não conseguem diluir despesas administrativas e outros custos. Dos 50,3 milhões de usuários de planos de saúde, 63% são do sudeste, com destaque para São Paulo, onde há 19 milhões de pessoas com convênios. As regiões Sul e Nordeste representam 13,5%, cada, do total de usuários de planos. Depois vêm Centro-Oeste e Norte, com fatias de 5,57% e 3,5%, respectivamente. Cerca de 65% dos planos médicos são empresariais, aqueles concedidos como benefício pelas empresas contratantes aos seus funcionários, apenas 20% são individuais, segmento que vem encolhendo. As operadoras vêm deixando de trabalhar com essa modalidade, já que os reajustes de preço são regulados pela ANS. Nos planos corporativos, vale a livre negociação entre empresas e operadoras”, segue a convocação.

Por seu lado, a categoria médica continua a ser explorada e esse quadro precisa se reverter com a mobilização e união da categoria, argumenta a Comissão Estadual. A pauta da AGE que está sendo convocada inclui: PL 6.964/10 (Contratualização e reajustes dos prestadores de serviços); Negociação com os planos de saúde; e Assuntos gerais.

Serviço:

Assunto: AGE CEHM

Data: 11/06/2014

Hora: 19h

Local: Sindmepa (Tv. Boaventura da Silva, 999 – entre 14 de Março e Generalíssimo)

 

Deixar um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.