Afiliado a:

FMB repudia perseguição política a ex-presidente de Sindicato dos Médicos do Ceará

A Federação Médica Brasileira (FMB) e seus sindicatos de base repudiam veementemente a clara perseguição política contra a médica Mayra Pinheiro, ex-presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará. O fato se deu neste 25 de outubro, quando ela foi informada de seu desligamento do Hospital Geral de Fortaleza, onde atua há duas décadas como pediatra.

Mayra é firme denunciante do caos na saúde pública do Ceará e acredita que suas manifestações sobre as precárias condições de trabalho e de atendimento na unidade de saúde que realizava desde 2015, somadas à sua recém disputa a uma vaga de senadora, em partido de oposição à atual gestão estadual, tenham culminado em seu afastamento.

A FMB solidariza-se com Mayra Pinheiro e com todos os médicos que atuam no Brasil que de alguma forma estão sendo vítimas de perseguição política neste momento de pleno gozo do direito democrático em nosso país.

Mais um episódio lamentável da intolerância e falta de percepção dos graves problemas enfrentados pela saúde pública brasileira.

Exigimos a imediata revogação de tal arbitrariedade.

Brasil, 25 de outubro de 2018.

FMB – Federação Médica Brasileira

Sindicato dos Médicos do Estado do Acre | Sindicato dos Médicos de Alagoas | Sindicato dos Médicos do Amapá | Sindicato dos Médicos de Anápolis | Sindicato dos Médicos de Campinas e Região | Sindicato dos Médicos do Ceará | Sindicato dos Médicos do Mato Grosso | Sindicato dos Médicos do Pará | Sindicato dos Médicos da Paraíba | Sindicato dos Médicos de Pernambuco | Sindicato dos Médicos de Roraima | Sindicato dos Médicos do Estado de Santa Catarina | Sindicato dos Médicos de Sorocaba e Região | Sindicato dos Médicos do Tocantins | Sindicato dos Médicos da Região Sul Catarinense

Fonte: FMB

Deixar um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.