Afiliado a:

Curta o carnaval sem esquecer da saúde

Há quem diga que o ano só inicia após o carnaval. Seja pela curtição ou pelo feriado prolongado de descanso, a expectativa por essa data é intensa por muitos brasileiros. Mas para não ter nenhuma complicação, manter-se saudável e afastar o risco de mal estar durante e depois das festas de Carnaval, o folião não deve se esquecer de cuidados básicos com a saúde.

Para o diretor do Sindmepa João Gouveia é extremamente importante que o folião não descuide da saúde durante o período de carnaval. “Para se manter saudável, é necessário ingerir bastante água, não exagerar no consumo de bebidas alcoólicas, ter uma boa alimentação e não esquecer de usar preservativos”, disse. O diretor completa ainda que são comuns os casos de insolação durante este período, por isso, o folião não pode esquecer de usar o protetor solar, óculos escuros e procurar locais com sombra.

Mantenha-se hidratado

Fazer a ingestão de água e o consumo de alimentos leves vai bem em qualquer estação. Durante as festas não poderia ser diferente. Por isso, não deixe tomar pelo menos dois litros de água por dia que podem ser intercalados com outros líquidos, tais como sucos e água de coco. As frutas também são essenciais, principalmente as ricas em água, como a melancia, melão, mamão, laranja, entre outras.

Excesso de sol

É muito importante o planejamento antes de sair de casa. Dependendo de onde for a folia não esqueça do protetor solar, das levar roupas leves, de colocar nas malas o chapéu e óculo de sol e, principalmente, de fazer a replicação do protetor a cada duas horas. Se a festa for em praias, balneários, prefira expor-se até antes das 10h ou depois das 16h.

Cuidado com as bebidas alcoólicas

Ao contrário do que se imagina, os brincantes devem ter a atenção redobradas com as bebidas alcoólicas. O excesso pode ser um combustível para acidentes, além de contribuir mais rápido para o processo de desidratação. Outro fator é a combinação de álcool e energéticos. As bebidas energéticas contêm várias substâncias que possuem uma quantidade muito grande de cafeína e uma quantidade de outras substâncias, como taurina e outros estimuladores do sistema nervoso central, o que pode provocar a arritmia cardíaca.

Previna-se

A relação sexual sem preservativo é um dos principais problemas na transmissão de doenças, principalmente as sexualmente transmissíveis (DSTs). O Ministério da Saúde anunciou que irá distribuir mais de 70 milhões de preservativos femininos e masculinos em festas de rua e também em postos de saúde de todo o País.

 

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.